ONDE ESTOU? HOME - NOTÍCIAS - LER NOTICIA
 
 
AS PRECIOSIDADES DA FEIRA: O “SHOPING” DE NITA PRETA
 
 


 
A feira livre de Guanambi indiscutivelmente não é mais a mesma. Mas em meio as transformações, o símbolo da resistência pode ser encontrado todos os domingos e segundas-feiras com a mesa alegria de sempre: Anita Alves de Araújo, ou simplesmente Nita Preta. Ela tem 72 anos de idade, e está casada há meio século com Teodoro Antonio de Araujo com quem teve oito filhos. Nenhum deles seguiu a trajetória da mãe.

Nita Preta há 52 anos trabalha na feira com sua barraca que mais parece um shopping pela diversidade de produtos. Tem rosário de coquinho licouri (Syagrus coronata), rolha para litros e garrafas, cachimbos, queijo, pimentas das mais diversas espécies, ovos de galinha caipira e o cliente ainda pode fazer sua encomenda caso não encontre o produto desejado.

Mas o que mais chama atenção são os nomes curiosos que tem as pingas de Nita Preta: “Fofa-toba”, “nó-de-cachorro”, “levanta pau”, “cura viado”, “arriba-saia”, “mulher parida”, além daqueles tipos conhecidos como erva-doce, mastruz, abacaxi que são bastante consumidos pelos apreciadores da cachaça.
Ela abre o seu comércio aos domingos e segundas-feiras, as quatro e meia da manhã. E já tem fila de cliente para tomar das famosas pingas de Nita Preta. As misturas, segundo ela, são compostas por raízes e cascas que vem principalmente dos “gerais” e a pinga é da melhor qualidade, vem do Povoado de Santa Luzia.

A alegria e o riso largo de Nita Preta sem dúvida é sua melhor mercadoria. Certamente nem ela tenha se dado conta disso. Mesmo com a idade que tem, vítima da diabetes que lhe fez perder parte do pé numa amputação, a sua alegria e o coração gigante, faz dela uma das mais queridas barraqueiras da Feira Livre de Guanambi.

Por Bonny Silva 

 
 
 
RÁDIO CULTURA DE GUANAMBI LTDA
Rua Otávio Mangabeira 1026, Ipanema, Guanambi - Bahia, CEP 46.430-000
Telefone: (77) 3451-1348 Fax: (77) 3451-2695 - Depto Coml. comercial@radioculturagbi.com.br